Lubrificar as partes que tendem a se desgastar/travar

Lubrificação de Scooters

Tipos de óleo

Não é todo óleo que deve ser usado para lubrificar certas partes, existem vários tipos de óleo e utilizar qualquer um é problema na certa. Resumidamente os principais:

  • *Graxa comum : facilmente encontrada, é de uso geral, para partes metalicas, rolamentos e cabos de aço, o inconveniente, é que ela nao penetra em locais dificeis, e sem proteção tende a juntar com pó e virar um grume só. Uso mesmo para partes internas, rolamentos, cabo de aço e do velocimetro.
  • *WD40 e similares: óleo desengipante, fácil de usar, otima penetração, mas nao deixa o local lubrificado por muito tempo, e com agua ou chuva, sai rapidinho, também tem o problema de atacar algumas peças de borracha. Uso para soltar parafusos, cabo do freio, cavalete, apoiador, a cada 10 dias.
  • *Graxas brancas, azuis, especiais: Seu forte é capacidade de reduzir bastante o atrito, resistencia ao calor, entre outras coisas, tem preço elevado, e só se utiliza em pouca quantidade. Uso em volta dos roletes (polemico), rolamentos das rodas.
  • *Graxa de ions de litío: Suporta altissimas temperaturas e com isso mantem o estado pastoso e grudento, graxas comuns tendem a se liquefazer, dificilmente encontrada no Brasil em lojas comuns, somente em alguns grandes atacadistas de peças automotivas ou no exterior, não custa muito caro, em torno de $5, utilizo muito principalmente no eixo central da polia dianteira, existe uma cavilha “porta-graxa”  que voce deve encher ali, e um pouco nos roletes, para nao se desgastarem muito.

Onde dá mais problema de lubrificação?

Cabos do acelerador, do freio a tambor (traseiro), cavalete, pézinho, caixa de direção.

São partes muito expostas a chuva, agua, poeira, etc.. mas são de fácil acesso (exceto cx de direção), que pode se utilizar de vários lubrificantes.

Que problemas posso ter?

  • Cabo do freio traseiro: voce  aperta o manete e ele nao volta ou volta gradualmente, e pode causar um desgaste prematuro da lona de freio e maior consumo de gasolina.
  • -Cabo do acelerador: pode enganchar e causar um sério acidente, pois a scooter vai ficar em movimento mesmo se apertando o freio, lembre-se nao existe embreagem e não tem como cortar a força de um motor acelerado.
  • -Cavalete central: ficar fazendo rangidos, e com o tempo desgaste, onde nem lubrificação elimina esse ruído, somente com troca da peça.
  • -Caixa de direção: se ficar cheia de areia, tiver folga, pode comprometer o garfo da suspensão, ou travar e causar um acidente.
  • -Rolamentos das rodas/transmissão: podem travar e causar acidentes sérios.
  • Roletes, se secos, podem “virar” dentro do berço da polia dianteira, ou travarem e demorarem para “desengatar”, também é sinal de falta de lubrificação, a saída com trepidação.