1o – SCOOTER DAY – 2013

1º Scooter Day 2013 – São Paulo -> Guarujá via Mogi das Cruzes

Scooters: mais de 70

Participantes: 80 pessoas

Hoje é inegável a febre de scooters que invadiu as grandes cidades, o prazer e orgulho de possuir uma dessas notáveis, viajar, trabalhar e claro falar sobre tudo que envolva esse mundo, estimula a união de pessoas que querem trocar idéias a respeito, a procura na internet, redes sociais são o primeiro passo, depois de alguns encontros físicos e até viagens, a vontade de se reunir com esses novos amigos só cresce, e assim vários grupos nasceram e por isso com a união deles criamos o SCOOTER DAY, um dia para comemorar essas maravilhas.
Em 13 de janeiro de 2013, vários grupos foram convidados, Emburgman Moto Grupo, Lead Club, Scooter & Cia Moto Grupo, Citycom Club além claro do Scooter Clube do Brasil, para uma confraternização; Bem cedo, saímos de São Paulo, rumo ao Guarujá, mas por um roteiro diferente, mais bonito e tranquilo, por Mogi das Cruzes, é um roteiro mais longo (normalmente é feito pela rodovia dos imigrantes ou anchieta), mas perfeito para quem quer apreciar a belíssima serra do mar por um trajeto sinuoso com direito a cachoeiras e muito ar puro, depois de uma breve parada, continuamos para o litoral, chegamos a Bertioga onde uma travessia de balsa é necessária, todas as dezenas de motos lotaram cada centimetro, chamando muita atenção do público (aliás na viagem inteira), chegando por fim ao litoral norte de São Paulo, parada para almoço, alguns retornaram outros ficaram para ainda se divertir na praia, passear, visitar o mirante e curtir o resto da tarde que estava nublada mas agradável.
Não tivemos nenhum imprevisto apesar das mais de 70 motos e uma fila bem grande, a organização geral está de parabéns e o próximo SCOOTER DAY está agendado para todo 2º Domingo de Janeiro, como forma de comemoração e confraternização.

O espírito escoterista

“Queria ter sua coragem”, dizem as amigas da Fernanda Fernandes (Kasinski – Prima), que viajou na garupa para o Uruguai (Sim! de SP) com o líder do Emburgman o Vanderlei Anjos, “levei uma mochila enorme e não usei nem a metade, hoje só levo uma pequena bolsa..risos” diz Fernanda, mulheres nos passeios não são raras, Ercília Dorth (Suzuki – Burman125), nunca teve motos mas agora se apaixonou “é muito prática, tem o bagageiro, posso usar sapato sem estragar, uma maravilha” diz, outro participante o “Scuby”, já rodou 85mil km em scooters, já teve a Burgman125, Honda Lead e agora uma Dafra Citycom 300i, é ativo participante nos passeios e é visto com suas filmadoras para lá e para cá e até acoplada em um capacete, outro que também não abre mão da sua Citycom é Frederico Pecorari (55 anos), experiente com motos, mas sempre viajou de carro, ultimamente tem deixado o carro na garagem “Estou economizando 40min diários de trânsito em pouco mais de 12km, nem em dia de chuva eu abro mais mão da scooter”, paixão que é contagiante, mas para alguns como o Renato de Pádua (31 anos) ela é quase de “nascença”, afinal desde os 14 anos já acelerava uma 50cc, que eram o sonho de consumo na década de 80, Renato já teve praticamente todas scooters nacionais disponíveis no mercado, coomo Burgman125 modelo antigo e novo, Honda Lead, Dafra Citycom, Burgman 400 e agora pilota a “nave” Burgman 650, um monstro de tecnologia e força com opção de câmbio Tiptronic “para brincar apenas, mas não é prático no dia a dia” diz, o integrante do Scooter & Cia que sempre que pode vai viajar e sempre de scooter.

Obrigado a todos líderes, integrantes, ferrolhos, batedores, fotógrafos, videomakers, um abraço especial ao Vaini idealizador do passeio, ao Vanderlei pela paciência, apoio e organização e ao João Tadeu pela sempre ajuda e apoio que sempre deu ao Scooter Clube desde o começo.

 

Video by Scuby: http://www.youtube.com/watch?v=LWo57EflBCc