Comprei scooter importada e agora?

Comprei scooter importada e agora?

Atente que mesmo marcas nacionais, vendem scooters importadas, apenas nacionalizaram o produto.

Como posso saber se minha scooter é importada?

Se não existe fábrica no Brasil, é um sinal, mas não uma regra, pode-se dizer que 99% do que tem no mercado é importada, mesmo a Honda ou Suzuki, elas importam a scooter praticamente montada, faltando colocar óleo e ativar a bateria praticamente, o mesmo caminho seguido por importadores individuais, a diferença, é que elas trazem peças e até conseguem fabricar boa parte delas aqui no Brasil, o que facilita a reposição, o contrário dos importadores, que ainda tem péssimo pós-venda, e só fazem a compra de peças por demanda, o que óbvio demora, pelo menos 30dias (só a parte de navio, de avião é inviável, devido ao peso).

Outra forma de saber se sua scooter é importada, é buscar na internet em sites do fabricante na Europa ou de peças, irá encontrar até com o mesmo nome as vezes, e não se assuste em ver o mesmo modelo de carengem, com tantos nomes diferentes, e especificações técnicas discrepantes.

É um mal negócio comprar scooter importada?

Se comprar de fabricantes como Suzuki,Yamaha, Honda e Dafra, líderes de mercado, não é um mal negócio, mas de marcas esquisitas, de poucas lojas e de importadores que se ancoram dizendo que a fabrica na China é enorme e dá garantia…. não acredite nisso, é um mal negócio.

Qual a diferença entre scooter chinesa e italiana?

Apesar das scooters chinesas terem melhorado um pouco, elas ainda se baseiam em menor preço e isso ainda não é sinônimo de qualidade total, ou pelo menos durabilidade. No mercado Europeu, motos sem qualidade sequer entram, a exigência de um mercado já maduro não deixa, então, existem até modelos feitos na China, mas com outro critério de fabricação, que é muito melhor.

E scooter importada americana, é boa?

A Kymco é um exemplo de scooter chinesa feita para vender no mercado Americano, que consome na maioria apenas modelos 50cc, e que ainda é usada por adolescentes ou em condomínios. O mercado americano adora Choppers e mesmo com o leque de megascooters super tecnológicas, eles ainda não “pegaram gosto” pelo estilo, por isso peças e lojas online são coisas raras por la.

Mas e as vantagens e desvantagens de scooter importada italiana?

Apesar de muitos dizerem Alegria para quem vende e tristeza para quem compra ou Alegria no dia da compra e no dia da venda .. não acho que hoje seja assim.

As vantagens das novas e semi-novas

  • Qualidade do conjunto é infinitamente melhor que as nacionais-chinesas
  • Design/ergonomia moderna e mais elaborada.
  • Injeção eletrônica não é ítem de luxo.
  • Escapamentos com Euro-3 (catalisador), ecologicamente correto.
  • Painel digital ou com mais informações que o básico
  • Diferenciação e até exclusividade para certos modelos.
  • Pode se comprar em e-lojas diretamente da europa e mandar via aérea. 15 dias ta na mão.
  • Pneus, bateria, e algumas peças de outras motos nacionais são compatíveis.
  • Modelos da Aprilia tem site de peças na europa, com tudo que imaginar.
  • A liga de metal dos parafusos é excelente, e seguem um padrão lógico. (normalmente utilizam chave torx/allem em tudo)
  • Roubos são raros, mas pequise seguro contra colisão.

As desvantagens das scooters italianas

  • Valor alto em comparação a motos de mesma cilidrada nacionais.
  • Enquanto na garantia, manutenção é obrigatória nas concessionarias (170,00 a hora ou mais)
  • Peças somente na concessionárias que compram de apenas um importador (independente da marca) que coloca 100% de lucro em cada peça além da concessionária, e pedidos podem demorar 40dias pois só o fazem por frete marítimo para baratear o custo.
  • Apesar de existirem peças em e-lojas,, muitas como carenagem e peças especificas do modelo, podem não ser facilmente encontradas, exceto aprilia.
  • Manuais em ingles, frances ou italiano, dificultam a completa compreensão.
  • Chaves especiais para retirada de certos tipos de parafusos que não existem no Brasil, não é incomum, dai vale a pena garimpar na europa e comprar para seu mecanico utilizar.
  • Difícil de vender, pois o consumidor brasileiro não conhece o produto e prefere não arriscar.
  • Seguro é caro, ou a franquia é absurda, não compensando as vezes.
  • Se seu modelo saiu de linha, as chances de conseguir peças vai se tornando bem dificil com o passar do tempo, aconselho comprar e deixar em estoque itens de consumo como pastilhas, roletes, correias, e o que conseguir.

Acabou a garantia, levo na concessionária ainda?

Depende. Realmente o valor/hora e os prazos longos de agendamento são irritantes. Apesar de não existirem oficinas especializadas, ainda assim existem bons lugares para a manutenção da sua importada, tenha um bom mecânico e apresente os manuais de serviço para ele.

Quero comprar nas lojas na europa, são confiáveis?

Sim, são bastante, mas aconselhamos a fazer uma conta no paypal (www.paypal.com) e deixar seu cartão internacional, armazenado lá, e ai fazer a compra apenas com os links de transferencia, a transação é bem limpa e se não receber o produto, consegue reclamar no paypal e pedir o dinheiro de volta, o SCB já se livrou de muitas enrascadas pelo paypal.

A loja não entrega no Brasil, ou cobra fretes carísimos (acima de 40euros para 1kg), fuja, ou só compre se não tiver opção, apesar de se ainda assim, poder comprar uma P.O.Box em portugal, reveja se compensa ou se não tem outra opção.

Ah utilize o google para navegar e traduzir automaticamente a pagina, funciona muito bem.

E as taxas de importação de peças?

Hoje tudo é taxado em 60%, mais taxa do correio, então, os valores são bem salgados.

Quero fazer seguro e não consigo

Pode acontecer, e dai faça uma correria em várias seguradoras e até mesmo corretores diferentes, e voceê vai conseguir uma cotação, inclua mais enfase em colisão do que roubo.